História do Brasil

A Crise da República Oligárquica

A economia mundial buscava se restabelecer e os governos europeus, reconstruir os seus países. Apesar de não ter participado diretamente do conflito, o Brasil sofreu indiretamente. A economia cafeeira entrou em crise, afinal, em uma guerra, o café acabou se tornando um produto supérfluo, e, portanto, cortado das listas de importações dos países europeus. Além disso, o governo brasileiro precisou investir nas indústrias, pois no período da Guerra não tínhamos como comprar mercadorias europeias. Foi o momento da substituição das importações.

Anúncios
História do Brasil

República Oligárquica: Economia e Sociedade

A Belle Époque foi um período de cultura cosmopolita na história da Europa que começou no fim do século XIX (1871) e durou até a eclosão da Primeira Guerra Mundial em 1914, tendo passagem pelo Brasil. A expressão também designa o clima intelectual e artístico do período em questão. Foi uma época marcada por profundas transformações culturais que se traduziram em novos modos de pensar e viver o cotidiano. Foi considerada uma era de ouro da beleza, inovação e paz entre os países europeus. Novas invenções tornavam a vida mais fácil em todos os níveis sociais, e a cena cultural estava em efervescência: cabarés, o cancan, e o cinema haviam nascido, e a arte tomava novas formas com o Impressionismo e a Art Nouveau. Além disso "Belle Époque" foi representada por uma cultura urbana de divertimento incentivada pelo desenvolvimento dos meios de comunicação e transporte , que aproximou ainda mais as principais cidades do planeta.

História do Brasil

República Oligárquica: Coronelismo

O coronelismo é prática de cunho político-social, própria do meio rural e das pequenas cidades do interior, que floresceu durante a Primeira República 1889-1930 e que configura uma forma de mandonismo em que uma elite, encarnada emblematicamente pelo proprietário rural, controla os meios de produção, detendo o poder econômico, social e político local.

História do Brasil

República Oligárquica: Estrutura de Poder

Chamamos de República das Oligarquias o período da História do Brasil (entre 1894 e 1930), em que houve um forte domínio das oligarquias na política nacional. Estas oligarquias eram compostas, principalmente, por ricos e poderosos proprietários rurais, principalmente da região sudeste do Brasil. A República das Oligarquias teve início em 1894, com o governo de Prudente de Morais, representante da oligarquia cafeicultora da região sudeste do Brasil. Esta fase terminou em 1930, após a Revolução de 1930, golpe de estado que levou Getúlio Vargas ao poder.